MODELAGEM DA DISTRIBUIÇÃO DIAMÉTRICA DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM FRAGMENTO DE FLORESTAS ESTACIONAL SEMIDECIDUAL

Conteúdo do artigo principal

Flaick Rodrigo de Lima Ferreira
Allan Libanio Pelissari
Vinicius Costa Cysneiros
Carla Krulikowski Rodrigues
Lucas Araujo Moura
Eduardo Resende Girardi Marques

Resumo

A modelagem da distribuição diamétrica em fl orestas naturais é uma ferramenta importante para compreender a dinâmica de espécies nativas  lenhosas, auxiliando na tomada de decisão para o manejo e a recuperação de áreas degradadas. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi ajustar funções de densidade probabilística para avaliar a estrutura diamétrica de três espécies arbóreas de interesse econômico, como Campomansesia xanthocarpa Marl. Ex. O. Berg, Piptadenia gonoacantha (Mart.) J.F. Macbr. e Zeyheria tuberculosa (Vell.) Bureau ex Verl., em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual no estado de São Paulo, Brasil. Os dados foram provenientes de 83 parcelas temporárias de 10 m x 20 m distribuídas sistematicamente ao longo de 164 ha. As funções Log-normal, Gamma e Weibull foram ajustadas para as três espécies por meio do pacote fitdistrplus no programa R. O teste de aderência de Kolmogorov-Smirnov foi aplicado a 5% de probabilidade para avaliar os ajustes. As funções foram selecionadas por meio do Critério de Informação Akaike (AIC) e do Critério de Informação Bayesiano de Schwarz (BIC), além da análise gráfica das funções ajustadas. Os resultados indicaram que a estrutura diamétrica das três espécies é assimétrica positiva, as quais apresentam o padrão exponencial, sugerindo uma regeneração natural contínua. As estatísticas de AIC e BIC indicaram a função Log-normal para descrever a distribuição diamétrica de C. xanthocarpa e Z.tuberculosa, enquanto a função Gamma foi a mais adequada para P. gonoacantha. Para as três espécies, a análise gráfica mostrou que a função Gamma resultou no melhor ajuste, não apresentando tendências nas estimativas da densidade de frequências por classe de diâmetro.

Palavras-Chave: Estrutura diamétrica; Funções de densidade probabilística; Teste de aderência

Detalhes do artigo

Como Citar
Ferreira, F. R. de L., Pelissari, A. L., Cysneiros, V. C., Rodrigues, C. K., Moura, L. A., & Marques, E. R. G. (2023). MODELAGEM DA DISTRIBUIÇÃO DIAMÉTRICA DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM FRAGMENTO DE FLORESTAS ESTACIONAL SEMIDECIDUAL. Revista Árvore, 47, https://doi.org/10.1590/1806–908820230000001. Recuperado de https://revistaarvore.ufv.br/rarv/article/view/263254
Seção
Artigos Cientificos - Manejo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)