COMPARATIVO DO DESEMPENHO ENTRE PRODUTOS PRESERVATIVOS EM RELAÇÃO AO ATAQUE DE XILÓFAGOS EM MADEIRA PINUS

Conteúdo do artigo principal

Ana Carolina Belizário
Fabiana Lopes de Oliveira
Felipe Hideyoshi Icimoto
Maurizio Vairo

Resumo

CLT (Cross Laminated Timber) é um painel de madeira engenheirado pré-fabricado, geralmente feito de madeiras de coníferas, principalmente pinus e abeto. Devido à baixa resistência natural desta espécie ao ataque de organismos deteriorantes, a norma brasileira ABNT NBR 7190:1 (2022) orienta o tratamento de elementos estruturais antes de serem utilizados. Este trabalho teve como objetivo avaliar a resistência de madeiras das espécies Pinus e Spruce, com diferentes tratamentos conservantes e retenções, ao ataque do cupim xilófago (Cryptotermes brevis). Diferentes espécies de pinus e abeto (Pinus abiesPinus sylvestrisPinus elliottii e Pinus taeda) foram avaliadas, bem como diferentes conservantes como Impralit KDS-B, CCA (Chromated Copper Arsenate), CCB (Copper Borate Chromated), MCA- C (Azol de Cobre Micronizado tipo C) e HQC 791 (retardante de fogo para madeira), normalmente utilizados no Brasil, Estados Unidos e Europa. Os resultados demonstraram que o retardante de fogo induziu maior resistência ao ataque de organismos xilófagos, com mortalidade total dos insetos e sem deterioração da superfície após 45 dias de teste. O conservante CCA também demonstrou eficiência no tratamento da madeira com alta resistência ao ataque de cupins com alta mortalidade e desgaste apenas superficial do corpo de prova. Concluiu-se, portanto, que para garantir a durabilidade do sistema construtivo são recomendados tratamentos preservativos para que os chamados elementos de madeira engenheirada possam ser utilizados como sistemas estruturais.


Palavras-Chave: Preservação de madeira; Madeira “engenheirada”; Cryptotermes brevis

Detalhes do artigo

Como Citar
Belizário, A. C., de Oliveira, F. L., Icimoto, F. H., & Vairo, M. (2023). COMPARATIVO DO DESEMPENHO ENTRE PRODUTOS PRESERVATIVOS EM RELAÇÃO AO ATAQUE DE XILÓFAGOS EM MADEIRA PINUS. Revista Árvore, 47, https://doi.org/10.1590/1806–908820230000024. Recuperado de https://revistaarvore.ufv.br/rarv/article/view/263577
Seção
Artigos Cientificos - Tecnologia da Madeira