RELAÇÕES ENTRE DIVERSIDADE AVIÁRIA E HETEROGENEIDADE DA PAISAGEM AGRÍCOLA

Conteúdo do artigo principal

Şengül AKSAN

Resumo

Estudos sobre aves e seus habitats são geralmente realizados em áreas naturais (áreas protegidas, florestas, áreas úmidas, etc.). Neste estudo, a relação entre a diversidade da paisagem agrícola e a diversidade de espécies de aves foi investigada em uma zona agrícola cercada por áreas naturais e florestais. As observações foram realizadas em 60 quadrados de grade de amostra. Dados de presença/ausência de pássaros e plantas cultivadas em cada local de amostragem foram registrados. O índice de diversidade de Shannon-Wiener para espécies de aves e métricas de paisagem para áreas agrícolas foram usados no local de amostragem. Uma análise de regressão linear múltipla foi realizada para explicar a correlação entre a diversidade da paisagem agrícola e a diversidade de espécies de aves. De acordo com os resultados, o índice de forma média ponderada por área (AWMSI) e o número de manchas (NP) foram considerados particularmente eficazes na previsão da diversidade de espécies de aves (R2 = 0,66). Além disso, à medida que o número de manchas e a proporção da forma de manchas aumentavam em uma área de amostragem, a diversidade de espécies de aves (R = 0,83) aumentava. Pode-se concluir que as zonas agrícolas constituídas por pequenas manchas diferentes são áreas ricas em diversidade de espécies de aves. A diversidade de espécies de aves é reduzida em áreas agrícolas com estruturas de paisagem uniformes ou semelhantes, consistindo em grandes manchas. Se o NP na área for alto, mas não distribuído em um padrão de mosaico, então a diversidade de espécies de aves é considerada fraca. Apesar do aumento dos tipos de NP e manchas, a diversidade de espécies de aves diminui se houver intensa atividade humana na área.


Palavras-Chave: Área agrícola; Diversidade aviária; Métricas de paisagem

Detalhes do artigo

Como Citar
AKSAN, Şengül. (2023). RELAÇÕES ENTRE DIVERSIDADE AVIÁRIA E HETEROGENEIDADE DA PAISAGEM AGRÍCOLA. Revista Árvore, 47, https://doi.org/10.1590/1806–908820230000005. Recuperado de https://revistaarvore.ufv.br/rarv/article/view/261982
Seção
Artigos Científicos - Silvicultura